E o prêmio de funcionário do mês vai para: João, o chatbot!

João trabalha noite e dia, e desde que começou sua nova função ainda não tirou férias. Em 5 meses trabalhando como atendente já atendeu mais de 15 mil usuários, às vezes mais de 50 ao mesmo tempo.

Pela grande quantidade de atendimentos realizados, João já aprendeu bastante, no início ele redirecionava metade dos atendimentos para seus supervisores, hoje já consegue lidar com 80% dos casos.

Em um mundo onde as informações correm cada vez mais rápido, as pessoas estão acostumadas a serem respondidas na mesma hora. A demora de alguns dias faz a diferença na avaliação de um atendimento e é por isso que João vem se destacando em suas funções, independente do horário ou número de chamadas ele atende todas na mesma hora. João é um de nossos chatbots, que trabalha transformando e automatizando a comunicação entre empresas, clientes e colaboradores.

Os chatbots são softwares capazes de guiar cada usuário para solucionar o seu problema, pois não se limitam a mensagens de texto, eles podem falar e ouvir o usuário, compreender e processar imagens e se conectar com outros sistemas e bancos de dados. E o melhor de tudo é que eles ficam disponíveis em diversas plataformas, como websites, Facebook e APPs, tornando-se um grande potencializador da transformação digital nas empresas.

Ao contrário do que muitos dizem, os chatbots não substituirão os aplicativos e sim trarão novas formas de interação para dentro deles, como onboarding do usuário ou resolução de dúvidas e problemas pelo chat. Além disso, há diversos fatores que contribuem para o aumento da utilização dos chatbots como:

Crescimento no acesso a internet

São diversas formas de acessar a internet, por planos pré e pós pagos. Como os chatbots são movidos por mensagens, não consomem muita internet dos usuários. Pessoas mesmo sem planos podem utilizar wi-fi públicos para se conectar.

Penetração de smartphones no mercado

Segundo pesquisas os smartphones já atingem de 60% a 80% dos brasileiros

Crescente conexão entre sistemas

A computação em nuvem tornou possível conectar diversos sistemas e dispositivos. Dessa forma o seu chatbot pode consultar informações na internet ou buscá-las em seus dispositivos IoT. Um grande componente da inteligência do chatbot é a sua conexão com sistemas externos.

Utilização de aplicativos de mensagem

As pessoas cada vez mais estão se acostumando e aprendendo a utilizar aplicativos de mensagem (como WhatsApp, Messenger, Telegram) no seu dia a dia, diminuindo as barreiras de entrada de um usuário do chatbot.

Todos esses fatores contribuem para que novos chatbots como o João, transformem e melhorem a comunicação das empresas. Gostaria de saber mais sobre inovação, chatbots e suas oportunidades? Entre em contato no e-mail contato@gobots.com.br e siga nossas redes sociais: Facebook , LinkedIn e Website.